Vídeo "Vaca das cordas" Ponte de lima 2018

Vaca das Cordas é um tipo de “corrida de touros” ao ar livre, tradicional de Ponte de Lima, totalmente amadora.

A tradição da Vaca das Cordas, sai para a rua pelas 18 horas, tem lugar na véspera da festa do Corpo de Deusnormalmente um pouco mais tarde, que as 18 horas, mas a festa em si começa durante as primeiras horas da tarde. 

Conduzido por cerca de dezena e meia de pessoas e preso por duas cordas, o touro e não vaca, é levado até à Igreja Matriz e preso à grade de ferro da janela da Torre dos Sinos, sendo-lhe dado um banho de vinho tinto verde da região.

O touro dá três voltas à igreja, sempre com percalços e muitos trambolhões à mistura das pessoas, que ousam enfrentá-lo, logo é levado para o extenso areal da vila, dando lugar a peripécias, com pegas, sustos, nódoas negras e trambolhões, terminando algumas dessas pessoas hospitalizadas.

Vídeo "Vaca das Cordas" 2018

Terminada a corrida com o touro, que dura cerca de duas horas, a festa entra pela noite dentro, dando lugar ao convívio das pessoas na Zona histórica de Ponte de Lima, ao som da música e alguns copos há mistura.

É uma tradição que data de 1646 e que tem lugar na véspera da festa do Corpo de Deus.

A tradição tem origem numa lenda local que refere que a Igreja Matriz da primitiva vila era um templo pagão, onde se venerava uma deusa sob a forma de uma vaca. Quando o templo pagão foi transformado em igreja pelos cristãos, a imagem bovina da deusa foi retirada do nicho onde era venerada e, presa por cordas, foi arrastada pelas ruas da vila até serem completadas três voltas ao templo, sendo depois arrastada pelas ruas da povoação com “aprazimento” de todos os habitantes

logo rafa.pt